No último domingo o Athletico-PR superou o Vasco por 1 a 0, chegou aos dez pontos e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro. Após o jogo na Ligga Arena, o treinador Cuca elogiou a atuação da equipe, mas se mostrou preocupado com as chances perdidas para ampliar o placar.

"Vi um jogo maravilhoso nosso no começo. Quando passou a ser 11 contra 10, o jogo deixou de ser aberto como era, o campo ficou mais curto para nós. Mesmo assim achamos os espaços e colocamos três bolas na trave no primeiro tempo. No começo do segundo, mais uma. E quando você não mata o jogo, ele fica perigoso, porque se cria uma instabilidade em campo. Mas não perdemos o controle do jogo. Vou valorizar muito esses três pontos. São cinco rodadas e estamos brigando pela liderança", disse.

Para Cuca, as chances desperdiças pelo elenco do Furacão não são normais. Ele também adotou um tom crítico para falar sobre o intenso calendário do futebol brasileiro.

"Hoje foi um jogo atípico. Geralmente não perdemos tantos gols quanto hoje. Se as bolas na trave, metade entram, já seriam três. Com tantos jogos, não estamos conseguindo treinar. Tenho só que recuperar os jogadores. Tenho feito os treinos táticos nas vésperas dos jogos. É o pouco que se pode, se não se reflete no cansaço do jogo. Esperamos ter à frente mais tempo para treinar", falou.

Agora, o Athletico-PR deixa o Campeonato Brasileiro um pouco de lado e passa a focar na Copa Sul-Americana. A equipe paranaense enfrenta o Rayo Zuliano, da Venezuela, fora de casa, na próxima quarta-feira, às 19h (de Brasília).

Deixe seu Comentário